Gestão de Riscos

Simples de entender, fácil de implementar.

  • Bowtie
  • Apetite ao Risco
  • Tolerância ao Risco
  • Exposição ao Risco
  • Histórico do Risco
  • Matriz de Riscos
  • Faixas de Risco
  • Eventos de Riscos
  • Probabilidade e Impacto
  • Ativos impactados
  • Controles Internos
  • Dashboards e Relatórios
  • Comitê Gestor

Sua organização não precisa de uma solução complexa onde os gestores não conseguem entender o que precisa ser feito e ficam com a sensação de que o trabalho nunca vai acabar.

RiskOne tem uma abordagem simples e eficiente facilitando a utilização do conceito das 3 linhas de defesa, oferecendo respostas simples e objetivas para tomada de decisão pelos gestores.

Bowtie

Matriz de Risco

Faixas de Risco

Comitê Gestor

Classificação do Ativo

Dashboard

É de entendimento comum que quando uma organização decide aprimorar sua governança corporativa para começar a tomar decisões baseadas nos riscos do negócio, muitas ações precisam ser realizadas para atingir este objetivo.
RiskOne aplica todos os conceitos básicos e melhores práticas de gestão de risco para facilitar o entendimento por todos os envolvidos.

Comitê Gestor de Riscos
Considerando a configuração do Comitê Gestor de Riscos como uma espécie de kick-off do processo de gestão de riscos, a organização vai definir neste painel as métricas, critérios e valores que serão utilizados para a Matriz e Faixas de Risco, os níveis aceitáveis da Exposição ao Risco (definidos pelo Apetite e Tolerância ao Risco), o método de cálculo, a eficácia dos Controles Internos, além de definir os membros do Comitê.
Classificação de Riscos
RiskOne simplifica a classificação de riscos por utilizar apenas os conceitos mais básicos para definir os valores do risco de um Ativo.
Para encontrar o valor do risco de um determinado ativo, a organização seleciona quais Eventos de Risco estão relacionados ao ativo, a Probabilidade de ocorrer cada uma de suas causas e o Impacto de cada uma de suas consequências.
Opcionalmente você também pode associar os ativos da organização que podem ser a "origem" da causa e os ativos que podem ser impactados pelas consequências do evento.
Para encontrar o valor do risco inerente, RiskOne calcula o valor de cada um dos Eventos de Risco, podendo aplicar a somatória de todos os valores ou a média deles, conforme definido pelo Comitê Gestor de Riscos. O risco residual será encontrado aplicando a eficácia dos controles (preventivos e reativos).
E tudo isso fica muito simples de entender e implementar usando nosso Bowtie!
Tomada de Decisão
Munir os gestores da organização com informações confiáveis para a tomada de decisões é um desafio enorme para qualquer empresa.
RiskOne oferece uma série de dashboards e relatórios com diferentes perspectivas sobre o risco dos ativos. Gestores terão a sua disposição informações como:
  • Visão Geral dos Ativos - Um resumo eficiente listando os "n" ativos com maiores valores de risco residual, as causas e efeitos mais comuns, os ativos que representam os maiores riscos para outros ativos, e o contrário, os ativos que são mais impactados por outros ativos.
  • Exposição ao Risco - Uma das informações mais importantes para os gestores, esta visão exibe os ativos pela perspectiva da Exposição ao Risco, mostrando claramente onde a organização deve focar esforços e investimentos para atingir seus objetivos de negócio.
  • Quadrante e Faixas de Risco - Exibe o posicionamento de cada um dos ativos em sua respectiva faixa de risco. Ao lado, um outro painel exibe informações sobre os detalhes da classificação do ativo, quais ativos sofrem suas consequências, quais os ativos que podem impactá-lo, e o histórico do risco ao longo do tempo.
  • Histórico do Risco* - Uma visão sobre o desempenho do risco dos ativos e seus eventos de risco ao longo do tempo.
  • Causas e Probabilidades* - Lista as causas mais comuns, a probabilidade delas ocorrerem e os ativos envolvidos. É uma visão poderosa para entender onde são necessários a aplicação de controles preventivos para mitigar suas chances de ocorrência.
  • Efeitos e Impactos* - Lista os efeitos (consequências) mais comuns, o impacto que eles representam e os ativos atingidos. É uma visão poderosa para entender onde são necessários a aplicação de controles reativos para mitigar suas consequências.
  • Eficácia dos Controles* - Uma perspectiva da efetividade dos controles implementados, permitindo que os gestores realizem ações para o aprimoramento dos controles visando a diminuição dos valores dos riscos residuais.

* disponível na próxima release